PROSAS EM VERSOS

SER POETA, É SENTIR AFLORAR DA PELE SENSIBILIDADE, É OUVIR O GRITO DOS QUE NADA DISSERAM, É VER POR UMA GAMA DE CORES INVISÍVEIS À MACROSCÓPICA VISÃO DOS INSENSÍVEIS, É PENETRAR IMPIEDOSAMENTE À ALMA HUMANA.

sábado, 31 de março de 2012

BASILINA - Prosas do Tema - Ausência




Basilina Divina Pereira





Minha mãe cantava para encantar o sol
e para que seus raios tardassem mais um pouquinho
à espera da lua.
Às vezes penso que a luz partiu com ela
e sua ausência
ainda me surpreende no meio da noite
com pensamentos nublados
e a impressão de que nunca vou entender
o significado de “para sempre”.

Basilina Pereira

Você Nunca Está Só



Ereni Wink





Você nunca está só. Sempre ao seu lado
Há um pouquinho de mim pairando no ar.
Você bem sabe: o pensamento é alado...
Voa como uma abelha sem parar.

Veja: caiu a tarde transparente.
A luz do dia se esvaiu... Morreu.
Uma sombra alongou-se a seus pés mansamente...
Esta sombra sou eu.

O vento, ao pôr do sol, num balanço de rede,
Agita o ramo e o ramo um traço descreveu.
Este gesto do ramo na parede
Não é do ramo: é meu.

Se uma fonte a correr chora de mágoa
No silêncio da mata, esquecida de nós,
Preste bem atenção nesta cantiga da água:
A voz da fonte é a minha voz.

Se no momento em que a saudade se insinua
Você nos olhos uma gota pressentiu,
Esta lágrima, juro, não é sua...
Foi dos meus olhos que caiu...

(Olegário Mariano)

Se amar for


Ereni Wink




Se amar for uma mera ilusão
Coitado desse meu pobre coração
Que ama tanto
E nunca importando com entretantos!!!

Nas minhas utopias sempre te busquei
E sempre te encontrei...
E sempre, sempre você aparecia
Realizando todas as minhas fantasias

Sonhava que esse sonho virasse realidade
Querendo torna-los realmente de verdade
E poder assim amar você sobre a luz da lua
E te encontrar, e te abraçar em qualquer lugar...

Estando vestida ou nua, sei lá!!!
Para fazermos amor a luz do luar...
Eu e você num amor assim total
Eu e você numa entrega sem igual!!!


(Giselda Diamantino)


Sousa Clara



MADRUGADA QUE NUNCA FOI MINHA



A madrugada pertence as estrelas e aqueles que navegam em sonhos.
Pertence a lua cheia dos amantes e ao calor de quem nunca se sentiu só.

Dormir, com o olhar desperto
ter em sono, sonho deserto
é quase morrer sem ter vida,
crescer sem saber ser criança.
esperar, não é ter esperança
é só ilusão descabida.

Enquanto não vem o sono
me abraço ao abandono
na solidão da madrugada.
Assim vivem os infelizes
fincando profundas raízes
em sonhos que não valem nada

Eu Queria


Ereni Wink




Eu queria ser a calma
Eu queria ser o meio
Eu queria ser a brisa
Eu queria ser o sol da manhã...nunca o sol do meio dia
Eu queria ser o sol poente...talves por isso
Eu vivo nos extremos.

O Lírio e a Rosa


Ereni Wink



O lírio e a rosa
Muito amor, prosa e coisa nova.
Grande inovação, boa aquisição.
Inoportunas são as opiniões contrárias
A essa junção entre o amor provindo
De dois corações.
Alia-se jovialidade, reciprocidade
E força de vontade a esse amor
Com cara da primavera.
É o que se espera, muita evolução...
Independente de comentários contrários
Querendo descolorir o cenário.

(EDILSON LEÃO).

Há homens...




Márcia Regina Ferreira Toledo





‎" Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis"

(Bertold Brecht)

Na floresta




Daisi Oliveira de Souza





Na floresta não existe nem rebanho nem pastor
Quando o inverno caminha
Segue seu distinto curso como faz a primavera
Os homens nasceram escravos daquele que repudia a submissão
Se ele um dia se levanta e lhes indica o caminho
Com ele caminharão
Dá-me a flauta e canta
O canto é o pasto das mentes
E o lamento da flauta perdura mais que rebanho e pastor.

Na floresta não existe ignorante ou sábio.
Quando os ramos se agitam a ninguém reverenciam
O saber humano é ilusório
como a serração dos campos que se vai quando o sol se levanta no horizonte.
Dá-me a flauta e canta
O canto é o melhor saber
E o lamento da flauta sobrevive ao contilar das estrelas.

Na floresta só existe lembrança dos amorosos.
Os que dominaram o mundo e oprimiram e conquistaram
os seus nomes são como letras dos nomes dos criminosos.
Conquistador entre nós é aquele que sabe amar.
Dá-me a flauta e canta
E esquece a injustiça do opressor.
Pois o lírio é uma taça para o orvalho
E não para o sangue.

Na floresta não há crítico nem censor
Se as gazelas se perturbam quando avistam o companheiro
a águia não diz: que estranho.
Sábio entre nós é aquele que julga estranho apenas o que é estranho.
Ah, dá-me a flauta e canta
O canto é a melhor loucura
e o lamento da flauta sobrevive aos ponderados e aos racionais.

Na floresta não existem homens livres ou escravos.
Todas as glórias são vãs como borbulhas na água.
Quando a amendoeira lança suas flores sobre o espinheiro não diz:
“Ele é desprezível e eu sou um grande Senhor.”
Dá-me a flauta e canta
que o canto é glória autentica
E o lamento da flauta sobrevive
Ao nobre e ao vil.

Na floresta não existe fortaleza ou fragilidade
Quando o leão ruge não dizem:“Ele é temível.”
A vontade humana é apenas
uma sombra que vagueia no espaço do pensamento
e o direito dos homens fenece
como folhas de outono.
Dá-me a flauta e canta
O canto é a força do espírito
E o lamento da flauta sobrevive ao apagamento dos sóis.

Na floresta não há morte nem apuros.
A alegria não morre quando se vai a primavera.
O pavor da morte é uma quimera que se insinua no coração,
pois quem vive uma primavera é como se houvesse vivido séculos.
Dá-me a flauta e canta
O canto é o segredo da vida eterna
E o lamento da flauta permanecerá após findar-se a existência.

Kalil Gibran

Eu Quero


Ereni Wink




Quero andar de mãos dadas numa praia deserta
Quero o vento batendo no rosto
Quero sentir o sal da brisa.....e o doce da tua boca
Quero mergulhar nas profundezas ....dos teus olhos
Quero despir-me de preconceitos ...se eu os tiver
Quero exteriorizar esse grito preso na garganta....até fazer eco
Quero viver ...já que sobrevivi
Quero fechar os olhos ...e levitar
Quero abraçar o sol....e transmutar
Quero trocar energia com a lua....nua
Quero só os sonhos se a realidade for triste
Quero tudo....mesmo que eu não tenha nada.


florianopolis 21/01/2012 Ereni Wink

Saudade




Lúcio Pizzo





Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

Pablo Neruda

Renúncia




Lúcio Pizzo






Chora de manso e no íntimo… Procura
Curtir sem queixa o mal que te crucia:
O mundo é sem piedade e até riria
Da tua inconsolável amargura.

Só a dor enobrece e é grande e é pura.
Aprende a amá-la que a amarás um dia.
Então ela será tua alegria,
E será, ela só, tua ventura…

A vida é vã como a sombra que passa…
Sofre sereno e dalma sobranceira,
Sem um grito sequer, tua desgraça.

Encerra em ti tua tristeza inteira.
E pede humildemente a Deus que a faça
Tua doce e constante companheira´

de Manuel Bandeira

Triste solidão


Jose Carlos Ribeiro



O tempo foi passando, a vida foi escurecendo
Foi perdendo o brilho sem teu amor
E a solidão minha companheira voltou
A invadir todo meu espaço no qual vivo
Sangrando a minh’alma e todo meu ser
Veio como uma avalanche destruindo
Este meu eterno querer que só me faz sofrer
Sobrevivo a cada novo amanhecer
Procurando dentro de mim um alvorecer
Somente com a esperança de um dia ter você
Para trazer-me o sorriso novamente ao meu viver
Fazendo-me esquecer este malfado sofrimento
Da solidão que como erva daninha brota
Afligindo como um verdadeiro tormento
É madrugada a noite vai se esvaindo aos poucos
Olho a lua que agora se tornou azul
Também a sinto solitária lá no firmamento
Eu a observá-la e ela a mim
Talvez sinta pena por eu sofrer assim
Falo com ela conto meus segredos, mas fica calada
Também penso como irá me responder?
Se já tem em seu destino um belo resplandecer
Alumiando as noites quase como num sorriso
Então me isolo dentro do meu ser
Oh! Solidão que amargura meu coração
Porque me entristece? Porque me contata?
Porque me deixas tão angustiada
Sem nada de meu amor saber....

Ângela Lugo

O Silêncio



Angela Mendes




O silêncio é uma lâmina
afiadíssima
que vai cortando lascas
pacientemente
do coração da gente. 

E apesar de tudo
de ser silêncio
ele é um grito sufocante
aterrorizante
na alma da gente.

Sempre o desejamos
ardentemente
sem esperar, no entanto
displicente
que ele atenda a gente.

O silêncio é na verdade
misterioso
contém muitas histórias
doloridas
sobre a vida da gente.

Estou nesse momento
nos braços do silêncio
agarro-me a ele
com medo de cair
de repente...

Porque apesar de triste
é companheiro
e se temos que ficar assim
esquecidos
que seja no silêncio.

Ele faz parte da gente...

Tere Penhabe

Ser Poeta




Fernando Martinho





Ser Poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda gente!

Florbela Espanca,
 in "Charneca em Flor"

Reencontro


Ereni Wink




Quando viemos de bem distante,
muito além do horizonte
prometemos nos amar
jamais nos separar.
Um novo recomeço,tudo vira do avesso.
A busca desesperada pela
felicidade tanto, tanto almejada...
A vida segue,
entre encontros e desencontros,
mas falta algo, falta alguém...
É um vazio, uma dor tão grande
que nada nem ninguém
preenche esse espaço,
que me atormenta, que me consome...
Dia e noite esperando meu amor
que dessa vida de mim
se apartou, deixando a vida
sem cor, sem sabor...
Somos almas perdidas,
sem carinho, sem amor.
Mas num lindo dia
o sol voltou a brilhar.
Meu eterno amor
conseguiu me encontrar.
Minhas lágrimas e meu
pranto foram por ele,
enfim, ouvidos.
Agora é vivermos juntos
esse amor intenso
que transcede céus e mares.
Preencher esse espaço
antes vazio, com nosso amor,
nossos beijos e abraços.

Nádia Santos

Doce Certeza




Fernando Martinho





Por essa vida fora hás-de adorar
Lindas mulheres, talvez; em ânsia louca,
Em infinito anseio hás de beijar
Estrelas d´ouro fulgindo em muita boca!

Hás de guardar em cofre perfumado
Cabelos d´ouro e risos de mulher,
Muito beijo d´amor apaixonado;
E não te lembrarás de mim sequer...

Hás de tecer uns sonhos delicados...
Hão de por muitos olhos magoados,
Os teus olhos de luz andar imersos!...

Mas nunca encontrarás p´la vida fora,
Amor assim como este amor que chora
Neste beijo d´amor que são meus versos!...

Florbela Espanca, 
in "A Mensageira das Violetas"

Sonda-me




Patricia Neme


Amizade




Aníbal Bastos





O sentimento de amizade,
Quando sentido com verdade,
Tem mais valor que o ouro!
Ter amigos a valer,
Pode dizer-se que é ter,
Na vida grande tesouro!

Eu tive grandes amigos,
Que não sei, porque castigos,
A vida mos retirou!
Uns morreram-me na guerra,
Outros saíram da terra,
Deles, a saudade ficou!

Amigos leais sinceros,
Não nos trazem desesperos,
Mas procuram ajudar!
Tive a honra de os ter,
E com eles conviver,
Em terras de além-mar!

Amigos da velha guarda,
Usaram a mesma farda
Que durante anos vesti!
Sobretudo os mais velhos,
De quem ouvi os conselhos,
E com eles muito aprendi!

Tenho amigos virtuais
Que se transformam em reais,
Pela sua sinceridade!
Não movidos por interesses,
Ou quaisquer outras benesses,
Apenas pura amizade!

Aos amigos interesseiros,
Falsos, torpes, traiçoeiros,
Distantes do meu critério!
Digo-lhe com sinceridade,
Saiam com a vossa falsidade!
Eu quero amigos a sério!

E assim resumo um tema,
E resolvo um problema,
Com toda a frontalidade!
Eu gosto de ter amigos,
Mas amigos, inimigos,
Dispenso essa amizade!

A. Bastos (Júnior)

Liberdade




Fernando Martinho





O poema é
A liberdade

Um poema não se programa
Porém a disciplina
— Sílaba por sílaba —
O acompanha

Sílaba por sílaba
O poema emerge
— Como se os deuses o dessem
O fazemos

Sophia de Mello Breyner Andresen, 
in "O Nome das Coisas"

Sonho.




Fernando Martinho





Não Sei quem Sou Sonho. Não sei quem sou neste momento.
Durmo sentindo-me. Na hora calma
Meu pensamento esquece o pensamento,
Minha alma não tem alma.

Se existo é um erro eu o saber. Se acordo
Parece que erro. Sinto que não sei.
Nada quero nem tenho nem recordo.
Não tenho ser nem lei.

Lapso da consciência entre ilusões,
Fantasmas me limitam e me contêm.
Dorme insciente de alheios corações,
Coração de ninguém.

Fernando Pessoa, 
in "Cancioneiro"

Se os Gatos Falassem




Basilina Divina Pereira





Entre o vermelho e o negro
o sol pisca em verde-limão
só porque carrega o dia sob da pele.
Sim, há labaredas macias
entre o pelo dos gatos 
que inauguram os telhados das noites.
A vida lhes subtrai o canto
e afunila sua solidão felina,
mas lhes brinda com astúcia e sutileza,
como se do silêncio de sua voz
desabrochasse um verbo em cada passo.

Basilina Pereira

Lucia significa LUZ


Regis Hoffmann



luz dos meus olhos, da minha vida
luz dos amigos
criança, menina mulher
Teu jeito encanta e reinventa
maneiras de seduzir
olhar de menina sapeca
abraço de amiga perfeita
Impossivel ficar triste perto de ti
Impossivel não sentir tua falta quando tá longe
mas tua luz é tão intensa
que de onde estiver transmite segurança
e carinho pra quem estiver precisando
tem um sorriso e uma palavra pra
qualquer momento da vida das pessoas que ama
dizem que pessoas são substituiveis
engano, você é unica
é luz insubstituivel
RH

Folhas no regaço




Fátima Custódio



Seguro no regaço
As folhas castanhas
Que o Outono deixou.
São leves, douradas,
Toques de veludo
E aromas de mudança.
As flautas dispersam
A melodia concentrada
Num beijo de silêncio.
As cinzas voaram,
O sabor ficou,
E danço com o vento
Que o destino mandou.
São forças de luz
Que me levam daqui
E me encontram além.
São raios violetas
Que me trazem a paz,
E o ar que respiro
Tem nas minhas mãos
O poder de sentir
Um abraço imaginado

Fátima Custódio

Eu Confesso Que Sim!!



Kity Araújo




Teu olhar possui encantos
Que só minha alma conhece
Tua voz parece música aos ouvidos
Quando provoca meus sentidos
E deixa meu corpo febril...
Tão intenso é o tesão sentido
Eu fico louca e perdida...
....Inteiramente possuída
Por essa vontade de te amar
Esse teu olhar que me encanta
Nessa paixão que já não cabe em mim
E Eu!! Eu confesso sim...
....Não há pedaços em você
Que meu corpo não sinta prazer

(Kity Araújo)
Lei de Direito Autoral (nº 9610/98)

Inocência!!



Kity Araújo




Deixa eu te amar...
De um jeito inocente
Lindo!! E que encanta
A alma da gente
Assim como os olhos te vê
Te tirar dos meus sonhos
Afagar teus cabelos macios
Beijar tua boca gostosa
Sentir todo teu gosto
Saciar minhas vontades
Acabar essa carência
....Que eu sinto de ti...
Ah!! Meu doce menino
Deixa o olhar traduzir
O que o corpo implora
Ele pede!! Ele chama você
Faz em mim tua morada
A amante experiente
Na eterna namorada
Sinta meu cheiro doce
Coberto de mistérios
Desvenda meus desejos
...E me faça mulher...
Deixa!! Deixa eu te amar
E viciar você de mim...

(Kity Araújo)
Lei de Direito Autoral (nº 9610/98)

Amar Sem Medo



Kity Araújo




Com você quero perder a razão
Entregar-me a total emoção
De te amar e estar ao seu lado
Quero viver a loucura dessa paixão
Sentir tua alma amando a minha
Desequilibrar-me nesse intenso mar
E ficar à deriva com você do meu lado
Quero descobrir novos mundos
....Desbravar todo o teu ser...
E te amar sem medo...Mergulhar
No mais profundo dessa imensidão
De corpos, pele, cheiro e tesão
Cultivando essa cumplicidade
Quero ser tua eterna inspiração
Tatue em meu corpo a mais bela poesia
Com a magia das tintas perfumadas
E seu nome naquele que já é teu por direito
Fica no lado esquerdo do meu peito
Onde reside o amor!! O meu coração.

(Kity Araújo)
Lei de Direito Autoral (nº 9610/98)

Meus sonhos




Lúcinha Santos






Meus sonhos que me levam
que me dão forças 
Que despertam em mim o desejo
de ir em frente
São a escada pra minhas realizações
por que é neles que nascem
aquilo de concreto que existe 
na minha vida
Meus sonhos são uma ponte
entre a realidade e a fantasia
entre o querer e o poder
entre o inatingível e real
Dentro dos meus sonhos viajo
a todos os lugares que quero ir
encontro todas as pessoas que
quero abraçar
e de tanto sonhar e de tanto querer
eles começam a se idealizar
Meus sonhos são assim
metade de mim no chão
e metade de mim no céu
................. Lú


Perfume




Lúcinha Santos






Se me sinto vazio, quase morro
aproximo-me da tua nuca
sorrateiro
o aroma que emana do seu corpo
diferente cheiro, me faz prisioneiro
sempre lhe falei sobre esse odor
doce
a outro não se compara
embriaga-me
com o ardor
do calor
de tarde ensolarada
As vezes ele se distancia
algo que não consigo entender
nessas horas sou só melancolia
pois se dissipa o meu maior prazer
outras vezes se faz tão presente
que o sinto, mesmo estando distante
é algo assim tão diferente
não existe nem nos amantes
entreguei o que possuía de lindo
e descobri o segredo
que se cala
o perfume que eu tanto sinto
é do seu
anjo da guarda

Claudio Caldas Faria.

Você faz parte daqui