PROSAS EM VERSOS

SER POETA, É SENTIR AFLORAR DA PELE SENSIBILIDADE, É OUVIR O GRITO DOS QUE NADA DISSERAM, É VER POR UMA GAMA DE CORES INVISÍVEIS À MACROSCÓPICA VISÃO DOS INSENSÍVEIS, É PENETRAR IMPIEDOSAMENTE À ALMA HUMANA.

sábado, 11 de fevereiro de 2012

MENTIRAS - Prosas do Tema




Clarice Maria Relozi





Mentir que eu não te amo não muda nada o que passa aqui dentro de mim.

Mentira antônomo de verdade, faz o mesmo efeito usado quando você dirige a palavra até a mim.

Mentir muitas vezes fere, mas e esconder as verdades é minha maior proteção para nunca te magoar.

Jessica Relozi Antonio

Não Sabe Nada



Neusa Paixão






Ele não sabe mais nada sobre mim. 
Não sabe que o aperto no meu peito diminuiu, 
que meu cabelo cresceu, 
que os meus olhos estão menos melancólicos. 
Ele não sabe quantos livros pude ler em algumas semanas. 
Não sabe quais são meus novos assuntos nem os filmes favoritos. 
Ele não sabe quantos amigos desapareceram desde que 
me desvencilhei da minha vida social intensa. 
Ele não sabe que eu nunca mais me atentei pra saudade. 
Que simplesmente deixei de pensar em tudo que me parecia instável. 
Que aprendi a não sobrecarregar meu coração, 
este órgão tão nobre. 
Ele não sabe que tenho estado tão só 
sem a devastadora sensação de me sentir sozinha. 
Ele não sabe que desde que não compartilhamos mais nada sobre nós, 
eu tive que me tornar minha melhor companhia: 
ele nem imagina que foi ele quem me ensinou esta alegria.

Marla de Queiroz

Como Eu Quero



Claudio Caldas Faria




Diz prá eu ficar muda
Faz cara de mistério
Tira essa bermuda
Que eu quero você sério...

Tramas do sucesso
Mundo particular
Solos de guitarra
Não vão me conquistar...

Uh! eu quero você
Como eu quero!
Uh! eu quero você
Como eu quero!...

O que você precisa
É de um retoque total
Vou transformar o seu rascunho
Em arte final...

Agora não tem jeito
Cê tá numa cilada
Cada um por si
Você por mim e mais nada...

Uh! eu quero você
Como eu quero!
Uh! eu quero você
Como eu quero!...

Longe do meu domínio
Cê vai de mal a pior
Vem que eu te ensino
Como ser bem melhor...

Longe do meu domínio
Cê vai de mal a pior
Vem que eu te ensino
Como ser bem melhor...
(Bem melhor!)...

Uh! eu quero você
Como eu quero!
Uh! eu quero você
Como eu quero!...

Uh! eu quero você
Como eu quero!
Uuuuuuuuuuhhh!
Uuuuuuuuuuhhh!...

Kid Abelha

Cego.




Joaquim Rodrigues





Sem ti navego.
Sem orientação,
Perdi a noção.
Cego..
Apenas a ti vejo
A ti me entrego
A ti me deixo...
Cego...
Nada te nego.
Nada te peço,
Apenas um começo.

Manuel Rosa...

Marta...




Joaquim Rodrigues




Do nada surgiu
Do nada aconteceu
A tristeza fugiu
O sorriso apareceu.
E esse sentimento,
Como um pintor,
Com o seu talento
E enorme valor,
Pintou a rua,
Que estava nua.
Nela pintou flores,
Com mil e uma cores.
Trazendo alegria...
Verdadeiro sentimento
Que não sentia
Já há muito tempo.

Manuel Rosa

Casa no Campo




Claudio Caldas Faria




Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa compor muitos rocks rurais
E tenha somente a certeza
Dos amigos do peito e nada mais

Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa ficar do tamanho da paz
E tenha somente a certeza
Dos limites do corpo e nada mais

Eu quero carneiros e cabras pastando
Solenes no meu jardim
Eu quero o silêncio das línguas cansadas

Eu quero a esperança de óculos
E um filho de cuca legal
Eu quero plantar e colher com a mão,
A pimenta e o sal

Eu quero uma casa no campo
Do tamanho ideal, pau a pique e sapê
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e livros e nada mais

Zé Rodrix

Eu não existo sem você




Angela Mendes



Eu sei e você sabe, já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso, meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham pra você

Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer
Assim como viver
Sem ter amor não é viver
Não há você sem mim
Eu não existo sem você.

Vinícius de Moraes

Tatuagem




Lúcinha Santos




quero que fique tatuado em mim
somente os sorrisos, os olhos verdadeiros
meus melhores momentos, minha felicidade
Quero tatuado em mim
as gotas de chuva no meu rosto
as palavras de amor que ouço
o abraço apertado dos amigos
e o beijo gostoso dos meus filhos
tatuado em mim somente o amor
que um dia ficou

tudo aqui tatuado no meu coração
E o resto que o vento leve.


Meu pai Oxalá




Claudio Caldas Faria




Atotô, Obaluaiê
Atotô, babá
Atotô, Obaluaiê
Atotô, babá

Vem das águas de Oxalá
Essa mágoa que me dá
Ela parecia o dia
A romper da escuridão
Linda no seu manto
Todo branco
Em meio à procissão
E eu
Que ela nem via
Ao Deus pedia amor
E proteção

Meu pai Oxalá
É o rei
Venha me valer
Meu pai Oxalá
É o rei
Venha me valer
O velho Omulu
Atotô, Obaluaiê
O velho Omulu
Atotô, Obaluaiê

Que vontade de chorar
No terreiro de Oxalá
Quando eu dei
Com a minha ingrata
Que era filha de Iansã
Com a sua espada
Cor-de-prata
Em meio à multidão
Cercando Xangô
Num balanceio
Cheio de paixão


Meu pai Oxalá
É o rei
Venha me valer
Meu pai Oxalá
É o rei
Venha me valer
O velho Omulu
Atotô, Obaluaiê
O velho Omulu
Atotô, Obaluaiê

Atotô, Obaluaiê
Atotô, babá
Atotô, Obaluaiê
Atotô, babá

Vinicius de Moraes

Felicidade Aparece


Maria Salete Ariozi

A FELICIDADE APARECE PARA AQUELES QUE CHORAM.
PARA AQUELES QUE SE MACHUCAM.
PARA AQUELES QUE BUSCAM E TENTAM SEMPRE
.

(CLARICE LISPECTOR )

Sossega Coração !!



Maria Salete Ariozi




Sossega, coração! Não desesperes!
Talvez um dia, para além dos dias,
Encontres o que queres porque o queres.
Então, livre de falsas nostalgias,
Atingirás a perfeição de seres.
... Mas pobre sonho o que só quer não tê-lo!
Pobre esperança a de existir somente!
Como quem passa a mão pelo cabelo
E em si mesmo se sente diferente,
Como faz mal ao sonho o concebê-lo!
Sossega, coração, contudo! Dorme!
O sossego não quer razão nem causa.
Quer só a noite plácida e enorme.
A grande, universal, solene pausa
Antes que tudo em tudo se transforme.

(Fernando Pessoa)

Cão Vadio




Aníbal Bastos





Ser cão vadio, é de certa maneira,
Uma vida difícil e carente,
Contudo nessa vida não consente
Que no pescoço lhe ponham a coleira!

Viver assim, talvez seja asneira,
- Não se passa para além do presente -
O futuro torna-se verbo ausente!
E o dia-a-dia, uma canseira!

É por isso que existem cães de raça,
De luxo, de guarda, ou de caça,
Fiéis e lambedores das mãos do dono!

Mas um dia quando velhos e cansados,
Piores que cães vadios são tratados
E lançados na rua ao abandono!

A. Bastos (Júnior)

A Ponte




Maria Salete Ariozi




DESDE PEQUENO CONSIDERO A GUERRA
A PIOR ATROCIDADE DO HOMEM,
EU RETORNEI DE UMA GUERRA,
NÃO COM OUTROS SERES,
MAS COMIGO MESMO
POR COISAS QUE ME CONSOMEM.

PELA INGRATIDÃO DOS OUTROS
VIVO UMA GRANDE AMARGURA;
MINHA GUERRA É SÓ MINHA
MINHA VIDA É MINHA LUTA

LUTO PELA SANIDADE
EM CADA MINUTO QUE PASSA;
ENQUANTO SINTO SAUDADES
DE CAÇADOR ME TORNO CAÇA

HÁ TANTAS COISAS À FAZER
PARA UNIR O QUE UM RIO SEPARA.
COMO UNIR AS DUAS MARGENS,
COM CACOS DE COISAS QUEBRADAS ?

MINHA MAIOR PREOCUPAÇÃO
É QUE O REMORSO
SEMPRE PUNE
SE O RIO ALGO SEPARA
UMA PONTE SEMPRE UNE

NÃO SEI SE SEREI CAPAZ
DAS DUAS PARTES UNIR,
MAS TRAGO COMIGO A PAZ
QUE UM DIA VOCÊ IRÁ SENTIR.
COM CACOS OU COM A PONTE,
UNINDO O QUE ME CONSOME
DOU FIM AO QUE ME PODE FERIR.


Claudio Caldas Faria
Livro: Ecos & Reflexos

A capacidade


Sonia Isotton



Só há uma coisa na vida que precisamos aprender, e ninguém ensina isso nas escolas. 

"A capacidade de suportar."

— A Cidade do Sol


Esperança





Fernando Martinho






Tantas formas revestes, e nenhuma
Me satisfaz!
Vens às vezes no amor, e quase te acredito.
Mas todo o amor é um grito
Desesperado
Que apenas ouve o eco...
Peco
Por absurdo humano:
Quero não sei que cálice profano
Cheio de um vinho herético e sagrado. 

Miguel Torga, in 'Penas do Purgatório'

Beijar Devagar



Angela Mendes




Beijar é como caminhar na praia,
de mãos dadas,
deixando as ondas massagearem os pés,
o sol nos vestir de calor
e o vento pentear nossa alma... 

Assim podemos conhecer cada textura,
cada suspiro,
cada sentimento...

(Cesar Veneziani)

Noite Gananciosa



André Alves




Que vontade verdadeira
Que busca apressada pela boca do amado
As línguas se envolvem como linhas perfumadas
Um resvalar na orelha
E tudo se alerta, levanta
Movimentadas, as veias dirigem-nos à cama
Que observa dois bêbados cheirando a uvas
A tenda iluminada e fresca revela as peles
O abraço sente os batimentos cardíacos
Acelera mais o coração e pulmões alucinadamente drogados pelo respirar do outro
Sobram panos
São as camisetas e calças jogadas ao chão
Nascem outros que costuramos na pele
São de águas que brotam de nós
Somos uma só veste
Provocamos os hormônios
A noite pedia muito
Um pouco de gel com sabor
Saboreamos a pele já saborosa
Pregamos nossas digitais em cada milímetro causador de arrepio
Sim, somos provocadores
Desenho o tesão nos olhos
No apertar de mãos
No olhar que se aperta um no outro
Como se engolíssemos todas as ambições sexuais do mundo
Com precisão chegamos ao orgasmo
Que chato, nos amolece
Pra que?
Deve ser pelo cansaço de um vaivém guloso
Horas depois estamos novamente excitados
Aprendemos as posições mais agradáveis
Nos ajeitamos pra um maior prazer
Gemidos traduzem um somar
Que novamente sussurra
Descamamo-nos ardentemente
Estamos em carne viva
Somos carne viva
A roupa não aperta
Há um ajuste na agulha que se alinha
Alinhava-se para costurar um modelo confortável, confiável
Às intempéries do calor
Espremida vem a ejaculação
Farta, saudosa, gananciosa
Mais tarde
Mais amor
Novamente penetramos no pano do outro
Assim se faz uma boa roupa
E já vem cheirosa!
Que tal passearmos por aí com um sorriso no rosto
Com o orgulho de termos feito peças exclusivas
Novas camas coserão outros trajes
Deixarão no ponto o doce
Sem embolorar nada
Sugamos o nosso cansaço
Que escorrega transpirado pelos corpos
Começamos a desenhar os detalhes da roupa
Com pontas de dedos acarinhamos a pele
Foi produtiva a noite
O guarda-roupa está cheio de seda.


André Alves

Gostava Tanto de Você




Claudio Caldas Faria




Não sei porque você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver
E aquele adeus não pude dar...

Você marcou na minha vida
Viveu, morreu
Na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão
Que em minha porta bate...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...

Eu corro, fujo desta sombra
Em sonho vejo este passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato
Não quero ver prá não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista
O pensamento em você...

E eu!
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você...

Tim Maia


Verdade



Claudio Caldas Faria





Descobri que te amo demais
Descobri em você minha paz
Descobri sem querer a vida
Verdade!...

Prá ganhar teu amor fiz mandinga
Fui a ginga de um bom capoeira
Dei rasteira na sua emoção
Com o seu coração fiz zueira...

Fui a beira do rio e você
Com uma ceia com pão
Vinho e flor
Uma luz prá guiar sua estrada
A entrega perfeita do amor
Verdade!...

Descobri que te amo demais
Descobri em você minha paz
Descobri sem querer a vida
Verdade!
Como negar essa linda emoção
Que tanto bem fez pro meu coração
E a minha paixão adormecida...

Meu amor, meu amor, incendeia
Nossa cama parece uma teia
Teu olhar uma luz que clareia
Meu caminho tal qual, lua cheia...

Eu nem posso pensar te perder
Ai de mim esse amor terminar
Sem você minha felicidade
Morreria de tanto penar
Verdade!...


Zeca Pagodinho

Folhas Secas



Claudio Caldas Faria






Quando eu piso em folhas secas
Caídas de uma mangueira
Penso na minha escola
E nos poetas da minha estação primeira

Não sei quantas vezes
Subi o morro cantando
Sempre o sol me queimando
E assim vou me acabando.

Quando o tempo avisar
Que não posso mais cantar
Sei que vou sentir saudade
Ao lado do meu violão
Da minha mocidade

Nelson Cavaquinho

Anjo



Daisi Oliveira de Souza





Acredita em anjo
Pois é, sou o seu
Soube que anda triste
Que sente falta de alguém
Que não quer amar ninguém.

Por isso estou aqui
Vim cuidar de você
Te proteger, te fazer sorrir
Te entender, te ouvir
E quando tiver cansada
Cantar pra você dormir.

Te colocar sobre as minhas asas
Te apresentar as estrelas do meu céu
Passar em Saturno e roubar o seu mais lindo anel.

Vou secar qualquer lágrima
Que ousar cair
Vou desviar todo mal do seu pensamento
Vou estar contigo a todo momento
Sem que você me veja
Vou fazer tudo que você deseja.

Mas, de repente você me beija
O coração dispara
E a consciência sente dor
E eu descubro que além de anjo
Eu posso ser seu amor.

Vou secar qualquer lágrima
Que ousar cair
Vou desviar todo mal do seu pensamento
Estar contigo a todo momento
Sem que você me veja
Farei tudo, tudo, tudo que deseja.

Mas, de repente você me beija
O coração dispara
E a consciência sente dor
E eu descubro que além de anjo
Eu posso ser seu amor.

Banda Eva

Queria voltar


Clarice Maria Relozi

Queria voltar a ser criança, porque os joelhos ralados curam bem mais rápido que os corações partidos." 

Clarice Lispector

O Poder da Fé – II



Marcelo Pardini


Imagine-se grande. E assim será.
Imagine-se competente. E assim será.

Aprenda a esperar. Não alimente a dúvida.
Cultive somente pensamentos positivos.

Não se deixe contaminar.
A vitória só chega àqueles que a desejam com felicidade.

Creia. E receba de braços abertos todas as conquistas.
Faça o bem. Faça por merecer todas as etapas superadas.

Às vezes, os seus pedidos demoram a ser atendidos...
Mas Deus sempre tem um propósito maior.

Mantenha a calma e a esperança diante dos problemas...
Encare-os como desafios a serem superados.

Trabalhe a paz de espírito e a humildade.
Tenha ações que gerem mudanças às vidas dos outros.

Não fique preso às desilusões do passado.
Viva conscientemente o presente.

Peça. Mas agradeça.
Cobre. Mas perdoe.

O auxílio Divino só nos chega...
Quando domamos o nosso próprio-eu.

Você faz parte daqui