PROSAS EM VERSOS

SER POETA, É SENTIR AFLORAR DA PELE SENSIBILIDADE, É OUVIR O GRITO DOS QUE NADA DISSERAM, É VER POR UMA GAMA DE CORES INVISÍVEIS À MACROSCÓPICA VISÃO DOS INSENSÍVEIS, É PENETRAR IMPIEDOSAMENTE À ALMA HUMANA.

domingo, 23 de setembro de 2012

Simone Ribeiro - Tema = PENSAMENTOS PROIBIDOS




Simone Ribeiro
Pensamentos proibidos...



Eis que surge
Do nada
Apenas fala bom dia
Sua voz...
O que é isso?
Apaixonei ali
Naquele momento...

Foi algo inesperado.
Quando menos esperava...
Me cai como um rojão...

Que homem é este?
De onde vem?
Que importa?
Ele traz em si a sua essência...
Lindo...
Grisalho
Alto
Forte...
Negro...
Encorpado...
Mas... Casado?

Alguém o encontrou primeiro?...

E daí?
Você quer se casar?
Eu não...
O que olhos não veem o coração não sente...
Curte, aproveita e descarta...
Apenas uma noite...

Só não pode apaixonar
Desliga esse plug...
Todos os outros se acendem...
Dão conta que estão em pleno funcionamento...

Trocamos números e vamos sair...
A noite é nossa!
Como dizem: a noite é uma criança...
Opa...
Mas meus pensamentos nenhuma delas pode ler...

Quer saber por que do proibido?
Leia meus pensamentos...
São os mais insanos possíveis...
Loucuras acontecerão....
Só não aguardem...
Pois jamais saberão...kkkkkkk

Autoria: Simone Ribeiro

Aníbal Bastos - Tema = AMOR PROIBIDO





Aníbal Bastos
AMOR PROIBIDO




Há tantas formas de amar
Que algumas fazem chorar
E outras nascer rancor!
Para o amor não há normas
E por isso há mil formas,
De definir o amor!

Mas de entre todas elas,
As que causam mais mazelas
E mais dores no coração!
É vermos passar ao lado,
O nosso ser mais amado,
Sem lhe poder pôr a mão!

Quando o amor é proibido,
Fica louco e atrevido,
Sem querer ouvir a razão!
Quanto mais é recusado,
Mais sente o peito abrasado,
Pelo fogo da paixão!

Faz-se audaz aventureiro,
Veste a farda de guerreiro
Que sem temer o perigo,
Usa as palavras como balas,
Lançadas em ternas falas,
Para vencer o inimigo!

Mas se vencer não consegue,
Por outro caminho segue
Humilde, mas convencido
De que não foi vencedor,
Porque o seu grande amor:
Era um amor proibido!

A. Bastos (Júnior)

Carlos Menino Beija-flor - Tema = O CRIME NÃO COMPENSA


Carlos Menino Beija-flor
O CRIME QUE COMPENSA.


Com jeito, com malícia
ao meu jeito, com carícia
encostar-te no meu peito.
Confessar paixão imensa.
Mesmo que seja proibido,
esse é o crime que compensa.
Apreciar-te, cantar-te, te falar poesia
te fazer amor, te causar alegria.
Beijar-te inteira a noite inteira.
Andar por teus caminhos,
nas tuas curvas descobrir mais e mais.
Como uma ilha, como mata virgem
vou como o vento sussurrar te causando vertigem.
É tanto o que eu quero, que não imaginas, nem pensas.
Eis um crime de recompensas.
Sugar o mel, subir ao céu.
Entre lábios, pernas e seios, por todos os meios
perder-me no teu labirinto de prazeres sem jamais buscar saída.
Só o encontro, sem despedida para essa paz imensa
que apesar de proibida, é um crime que compensa.
No escuro desse quarto guiado pelo cheiro de tua flor
irresponsavelmente perdido em teus braços
amparado no teu amor.
Como menino, encostar no teu peito.
Como homem, com malícia e com jeito, te dar felicidade imensa.
Embora não seja direito...
esse é o crime que compensa.

Maria Salete Ariozi - Foto = PELE NUA




Maria Salete Ariozi
Pele Nua


Agarro-me 
Firme em seu corpo
De pelo acastanhado
Nu de apetrechos
Sem serventia
Sigo iluminada
Solta e livre
Nesta cavalgada
No campo de minhas
Nostalgias
Que brilham
Na carícia de sua pele
Perfumada 
Perdição dos campos
Toda Pradaria
Deitada sobre teu colo
Busco o descanso
Da vida que levo
Ao acaso sombras
Das fantasias
Que faço.

((Salete))-Set-2012
Lei do Direito Autoral ( 9610/98)

Simone Ribeiro - Tema = AMOR PROIBIDO



Simone Ribeiro




E agora?

Me apaixonei...
Estou perdidamente 
Completamente
Totalmente amando...

Não sei como foi...
Ou como começou...

Apenas me descobri amando....
Como explicar?
Aconteceu...

Antes tudo era nublado
E sem vida...

Ai conheci esta pessoa...
Transformou minha vida...

Trouxe brilho 
E vida...
À esta minha existência 
Mórbida...
Sem graça.

Estou amando...
Mas as pessoas me julgarão...
É um amor proibido...

Como um homem pode amar outro homem?

Falam que é pecado,
contra Deus...

Mas estou feliz!
Ele me faz feliz!
Somos felizes!
Juntos...

Se fomos criados para o amor...
Toda forma de amor é permitido!

Nós nos permitimos amar...
E você?
Meu irmão em Cristo...
Me permite amar?
Quem é você...
Para me apontar seu dedo?
Olhe tua mão...
Verás que me apontas um,
mas outros apontam para você...
Por quê?
Para lembrar-lhe...
Uma máxima
Desse mesmo Deus...
Quem somos nós para julgarmos alguém?

Permita aos seus semelhantes serem felizes!
Não nos julgue...
Mas sim estenda seus braços e ame...
Abra seu coração
Aceite algo que estamos aprendendo a fazer...
Amar sem ver à quem
Onde foi escrito?
Me mostre em que lugar sagrado 
Foi escrito...
Homens devem amar somente mulheres...
E mulheres somente homens...

Permita-nos amar...
Lei sublime e maior ensinada 
Pelo maior entre os homens....

Autoria: Simone Ribeiro.

Fatima Pessoa - Tema = Amor Proibido (PAIXÂO)





Proibido
Mas verdadeiro
Amor por inteiro
Que sem explicar
Pulsa
Num coração 
Com esperança
Sem definição
Esse amor 
Beira a paixão
Sendo ele 
Proibido 
Ou não
Tem rompantes 
De ilusão
Tudo tem um tempo
Tudo tem a hora
Mas para o coração
Nada demora
Mesmo que possa 
Acabar a qualquer hora
Será que a genética
Explica tamanha paixão?
(Fátima Pessoa)

Fatima Pessoa - Foto = RAIO DE LUZ




Fatima Pessoa
Raio de Luz



Em busca de liberdade
Ultrapassa obstáculos
Quase insuperáveis
E no galope 
De seus movimentos
Encontra a suavidade
De seu trote
Vence barreiras
Com sua destreza
Encanta
E se sente livre
Pra quase voar
E como um raio de luz
Segue 
Com o vento
Sem rumo
Sem limites!
(Fátima Pessoa)



Ligia Shlochmann - Foto = CAVALOS




Ligia Shlochmann
CAVALOS




CAVALOS, PIÁS, MUITO LIGEIROS
CORCÉIS INQUEBRANTÁVEIS.
NOBRES E VASSALOS,
GALOPAVAM NAS CAMPINAS
SAUDANDO A PEONADA.
AH..MAS QUANDO VIAM
OS GURIS DE BOTAS E CHAPÉUS
CORRIAM PARA RECEBEREM 
UNS PEQUENOS REGALOS.
AS MÃOZINHAS DOS PEQUENOS
EXALANDO SÂNDALO ACARICIAVAM
'UNS PAR DELES'.........
QUE PENA, CAVALOS E PIÁS...
FORAM EMBORA MUITO LIGEIROS.

Ligia Shlochmann
priv/set/2012.


Patricia Neme - Tema = Amor Proibido (SONETO DA SAUDADE)







Maria Salete Ariozi - Tema = Amor Proibido (AMOR ATREVIDO)





Maria Salete Ariozi
Amor Atrevido


Tudo em nome do Amor
É permitido
Jamais proibido
Ele é que dá sentido
Deixando florido
O hoje
Todo presente
O agora.

Essências que afloram
Perfumam
Presenteiam
E dele se revigoram.

No peito faz reboliço
Pulsa forte 
Correndo nas veias
Destemido
Lançando seu feitiço
Atrevido.

Deixa como sua marca
Chamas calientes
Deste fogo
Ardente que queimam
Por dentro
Apagam-se por fora.

(( Salete ))-Set-2012
Lei do Direito Autoral ( 9610/98)

Mô Schnepfleitner - Foto = CAVALGADA





VAI CAVALGANDO, AMADO
E SE LIBERTANDO
DE TODAS AS AMARRAS
DAS MÚLTIPLAS GARRAS..
VENTO BATENDO NO ROSTO
RISO SOLTO A VALER
MISTO DE SUSTO E PRAZER
MASCULINO E FEMININO
MISTURADOS, CELEBRANDO
TODO O GOZO EXALTANDO
E DE MÃOS DADAS CHEGANDO
TAL QUAL UM CAVALO ALADO
QUE CHEGA SEM CHEGAR
TERMINA SEM NUNCA COMEÇAR.

Mô Schnepfleitner
23/09/2012

Simone Ribeiro - Foto = GALOPE




Simone Ribeiro
Galopar



Quero em teu dorso subir
Por esta praia correr...

Tudo deixar para trás...

Galopar ao sabor do vento...
Sentir os cabelos esvoaçando...
O cheiro da maresia...
Em minhas narinas adentrando....

Nesse galope tudo esquecer...

Deixar para trás
Mágoas e aqueles que o fizeram....
Para longe seguir

Sentir a tua força
Teu cheiro 
Teu poder de ser livre...

Ah...
Como é bom sentir tudo isso...

Tua beleza é eterna....
Tua força protege...

Tua beleza estonteia!

Várias são tuas raças...
Porte e cor...

E todos trazem em si
Uma beleza única...

Sua história se confunde com a nossa...

De onde vieram ou surgiram?

Por que saber?
Felizes aqueles que, 
ao sabor do vento
correm pelos campos...

Livres e selvagens...
Belos em sua marcha....

Mas agora
Neste momento
Só quero sentir
Viver essa alegria
De junto a ti
Poder sentir
Essa alegria da liberdade....
Sem fim...

Autoria - Simone Ribeiro.

Mô Schnepfleitner - Tema = Amor Proibido (TRANSFORMAÇÃO)




Mô Schnepfleitner
TRANSFORMAÇÃO



DOCE AMOR PROIBIDO
TAL QUAL O FRUTO
QUERIDO E INIBIDO
QUE VOCÊ ABOCANHOU.
SONHO PERDIDO
DO NUNCA CONCEBIDO
ONDE ESTÁS QUE TE PROCURO
NÃO TE ACHO, ESTÁ ESCURO
PRECISO DE LUZ
DA TUA LUZ
PRECISO ENXERGAR
ALÉM DO OLHAR
ALÉM DO MAR
PARA PODER O PROIBIDO AMOR
EM REALIDADE TRANSFORMAR.

Mô Schnepfleitner
23/09/2012

Angela Mendes - Foto = CAVALO ALADO




Angela Mendes
Cavalo alado


Num cavalo alado
cavalgo um sonho
por entre nuvens de algodão,
que o vento dispersa
e para longe se vão.
Leva em seu dorso
como companheira a solidão
e passeia nos campos do céu.
Mas preciso voltar à terra,
o infinito não é meu lugar.
Ainda tenho caminhos a vencer,
até a estrada findar.

ângela mendes, set. 2012

Ligia Shlochmann - Foto = EQUINOS




Ligia Shlochmann
EQUINOS




FORAM MUITOS,
SOLTOS AO REDONDEL.
CORREIAM NAS INVERNADAS,
ERAM TÃO BELOS. 
PACOTE DO CEM, SEU NOME
DE REGISTRO, MUITO ESPECIAL.
ERA GARBOSO...
MANSO, AFETUOSO,
DESDE DE POTRO PEQUENINO
ERA VALENTE, GALOPAVA
JUNTO AO VENTO MATUTINO...
ELE E O MENINO,
ANDAVAM SEMPRE
EM PERFEITA SINCRONIA.
MAS CHEGOU UM DIA,
ASSIM QUIS O DESTINO.
PEREGRINO IGUAL A UM VIVENTE
FOI-SE EMBORA...........
O MENINO E O EQUINO.

Ligia Shlochmann
Priv/Set/2012.

Angela Mendes - Tema = Amor Proibido (NO VENTO...)




Angela Mendes
No vento...



Eis que você surge
entre meus sonhos,
como um vento poético,
provocando arrepios.
Vem tão de repente,
nada diz e se infiltra
na minha pele,
no meu sangue,
no meu viver.
Um corpo, uma voz,
um perfume no ar...
E parte, em silêncio,
a outra vai dar o que desejo,
o mel do teu beijo,
o aconchego dos teus braços,
fruto do bem e do mal!
O mesmo vento o leva...
Sonho irreal, sem final!

ângela mendes, 23/09/2012

Lucinha Santos - Tema = AMOR PROIBIDO



Lucinha Santos
AMOR PROIBIDO




AMOR PALAVRA SUBLIME
QUE TRADUZ O CORAÇÃO
AMOR QUE TRAZ FELICIDADE, MAS TAMBÉM
SOFRIMENTO E DOR.
A QUEM DIZ QUE PROIBIDO É MAIS GOSTOSO,
EU DISCORDO
PROIBIDO É DOLOROSO.
POR QUE EU QUERO E NÃO POSSO
E ASSIM É TRISTE UMA HISTORIA
SEM COMEÇO, NEM FIM
ENTÃO O AMOR QUE COMEÇOU BELO
NUM TERRIVEL PESADELO SE CRIOU.
TE QUERIA PRA MIM
COMO O AR QUE RESPIRO
QUERIA TES BEIJOS, TEU ABRAÇO
CORPOS COLADOS.
DE MÃOS DADAS NA PRAÇA, RISADAS
COM TODO O AMOR QUE MEU CORAÇÃO TE OFERECEU.
MAS POR DESTINO ELE NÃO DEIXOU
ENTÃO OQUE RESTA É
UM PONTO DE INTERROGAÇÃO 
SERÁ QUE SERIA UM GRANDE AMOR ?

LUCINHA 

Maria Salete Ariozi - Tema = Amor Proibido (DESALINHO)




Maria Salete Ariozi
Desalinho



Desordem certeira !
Afiada
Faca de dois gumes
Sentimento apetitoso
Fantasioso...
Sem pedir licença
Chega 
De mansinho 
Parecendo bonzinho...

Acelera e desalinha
O calibre da razão
Estilhaça-se em cacos
Corta, fere, sangra
Sem demonstrar
Preocupação.

Incoerente mistura-se
Espalhando seu mel
Ocupa o espaço 
Desocupado 
De um momento
Em frenética sensação
Calando a ânsia
Deixando o fel
Ao coração.

(( Salete))-Set-2012
Lei do direito Autoral (9610/98)

Basilina Divina Pereira - Tema = Amor Proibido (SINTONIA)






Basilina Divina Pereira
SINTONIA



Não prometo te esquecer antes do próximo abraço.
Nem peço que me recordes
toda vez que a macieira florir.
O destino da colmeia é transbordar de mel,
mesmo que a primavera maltrate o pólen das flores.
Há coisas que estão postas
e independem da chegada ou da partida.
Só a coragem arrisca-se ao galope no escuro,
sem economizar a vontade da espora.
E apenas a paixão pode bombear no vento
a volúpia de dois corpos... envolvidos...
na sintonia de uma nota só.

Basilina Pereira

Mô Schnepfleitner - Tema = AMOR PROIBIDO



Mô Schnepfleitner
Amor proibido




Quem disse
que o amor proibido
tem o doce sabor
do sempre querer mais?
Quem disse
que ele nos faz suar frio
e por isso mesmo
nos coloca no cio?
Quem disse
que ele é pura fantasia
que a todos extasia
alucina e fascina?
Eu lhes digo, aventureiros
que o amor proibido
não passa de uma ilusão
é a pura negação
de um amor
sem futuro e nem razão...
Dele tenho medo
e por isso mesmo, peço arrego.

Mô Schnepfleitner
23/09/2012

Ligia Shlochmann - Tema - AMOR PROIBIDO




Ligia Shlochmann
AMOR PROIBIDO




NÃO HÁ AMOR PROIBIDO,
O AMOR É AMIGO, FRATERNAL
DE TODAS CORES.
MUITAS VEZES INCONTIDO.
SEM DIZER COMO
É GENEROSO, PLENO.
TAMBÉM É INADVERTIDO,
SEM FRONTEIRAS, DESMEDIDO.
LÍMPIDO COMO CRISTAL.
POR MUITO MAIS, FEITICEIRO,
AGRADECIDO, BENDITO,
COMO REZAR.
CAMINHA AFETUOSO DE 
MÃOS DADAS A SATISFAÇÃO.
SIMPLES, TÃO SIMPLES
COMO MONGES DO TIBET...
AH....O AMOR É LIVRE...LIVRE...

O QUE HÁ SÃO MULHERES E HOMENS PROIBIDOS.

Ligia shlochmann
priv/set/2012.

Ereni Wink - Foto = HINO AO VENTANIA




Ereni Wink
HINO AO VENTANIA



Montanhas e prados 
Nas frias manhãs de setembro
Cobertas de neve 
Assemelha-se a uma grinalda em flor
É testemunha de um galope destemido
No qual reina imponência
Liberdade e amor
M eu grande amigo
Meu cavalo “ventania”
Crinas ao vento
A galopar sem pudor
Pela s coxilhas e prados
Quebrando a neve gelada
Busca sua companheira
Relinchando...
A sua amada 
Seu louvor
“Ventania”... Amigo de cavalgadas.

Florianópolis 22/09/2012
Ereni wink

Carlos Menino Beija-flor - Foto = CAVALGANDO



Carlos Menino Beija-flor
CAVALGANDO


Venha, menina, vamos cavalgar nas rédeas do nosso amor
contemplando o horizonte em esplendor.
Não é preciso ter medo, isso não cabe
amar não tem segredo, é apenas deixar-se levar.
Para você que não sabe, a gente começa devagar.
Depois vai aumentando, eu seguro em sua cintura
assim se sentirá segura, nem vai ver o tempo passar.
Quando sentir um fogo, não se assuste, é o sol.
Apenas se ajuste ao brilho do farol,
o farol que nos ilumina.
Venha, menina, o prazer se descortina
e nos mostra um horizonte
o que é lindo está atrás do monte,
mas para que eu possa lhe mostrar, é preciso cavalgar.
Use seus dotes de mulher, feche os olhos se quiser,
apenas sinta como estou teso
encaixado, agarrado, coeso
aos seus prazeres, ao seus dizeres.
Se sentir alguma onda, uma energia pelo corpo
estaremos perto do topo do nosso cavalgar.
E a gente desce, e recomeça, porque a gente merece...
merece gozar...
como é bom gozar a vida,
de uma forma assim, desinibida,
mas é preciso cavalgar.


( IMAGEM borisvallejo )

Você faz parte daqui