PROSAS EM VERSOS

SER POETA, É SENTIR AFLORAR DA PELE SENSIBILIDADE, É OUVIR O GRITO DOS QUE NADA DISSERAM, É VER POR UMA GAMA DE CORES INVISÍVEIS À MACROSCÓPICA VISÃO DOS INSENSÍVEIS, É PENETRAR IMPIEDOSAMENTE À ALMA HUMANA.

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Pantera negra



Lucinha Santos





E lá vem ela a espreita
com seu pelo brilhante
negra como a noite
com olhos penetrantes
a espera de um deslize
pra soltar as suas garras
no primeiro desavisado errante
Pantera negra
de olhar cheio de mistério
Me encanta te olhar
mas me dá um certo pavor
não sei se deveria 
mas gostaria muito de te alisar
Pantera negra me passa essa força
e esse poder
que majestosa passa e faz com que todos
se curvem a sua graça.

Lucinha ♥

Ararinha Azul




Fatima Pessoa




Em tuas asas quero voar,
seguir caminhos bonitos,
ver o sol de perto,
ficar de braços abertos,
ir de norte a sul.


Me leva em suas lindas penas,
e no ar... só nós dois apenas,
minha doce Ararinha Azul.
Mário Pires

Eu Mesmo




Orlando Costa Filho




O eu-eu olhou para eu-ele
O eu-ele nem desconfiou
O eu-ele foi somente ele
E o eu-eu por ele se encantou.

O eu-eu viu então que eu-ele
Se policiava, se continha
Enquanto o eu-ele sendo ele,
Era somente uma andorinha,

Fazendo verão para eu-nós
O eu-eu e o eu-ele então
Sendo eu-único, só uma voz
Um só poema, um só coração,

O eu-eu e o eu-ele, em paz
Fizeram eu-único eu mesmo
Condição que me faz capaz
Distribuir-me em versos a esmo.

ocf

Palavras que brilham




Jorge Morais



palavras que brilham
no ar deixadas
às paginas presas
ás folhas arrancadas
letras de sonho
frases malditas
que ferem magoam
sem deixarem
de serem ditas
conjunto de letras
que formam vocábulo
que causam maculo
acusam perdoam
amam odeiam
invocam deuses
conspurcam diabos
classificam perfeitos
e mal educados

jorge morais

Inrencionais











Aníbal Bastos






A viver morrendo aos poucos,
Andamos desde que nascemos!
Mas dominados por loucos…
Só andamos, porque queremos!

Andar de cabeça erguida,
É dever de toda a gente!
Dar a guerra por perdida
Sem lutar, é inconsciente!

Fazer de surdo e cego
E outras tantas de mudo,
Não vira o bico ao prego,
Mas torna-o mais bicudo!

Quem na vida anda à procura,
Da sorte de mão beijada!
Encontrará com fartura,
Muitas mãos cheias de nada!

Quem colhe e não semeia,
A não ser miséria e fome,
Mantém-se da dor alheia
E, de humano só tem nome!

Aquele que dá sempre razão,
A quem julga superior,
Para vingar a humilhação,
Pisa o seu inferior!

A rastejar como as cobras,
Anda quem não se convence
Que apenas recebe as sobras,
Daquilo que lhes pertence!

Quadras intencionais,
Nascidas de desenganos,
Por haver irracionais,
Chamados seres humanos!

A. Bastos (Júnior)

No oco do tronco





Keyla Cantinho Goiano





No oco do tronco
Na sombra da mata
Camoatim de mel silvestre
Não sou urso imune aos ferrões
Sou poeta dividido
Entre o castigo
e a fome


Marcelo Soriano (M.M.Soriano)

O Tigre



Angela Mendes




Tigre, tigre que flamejas
Nas florestas da noite.
Que mão que olho imortal
Se atreveu a plasmar tua terrível simetria ?

Em que longínquo abismo, em que remotos céus
Ardeu o fogo de teus olhos ?
Sobre que asas se atreveu a ascender ?
Que mão teve a ousadia de capturá-lo ?
Que espada, que astúcia foi capaz de urdir
As fibras do teu coração ?

E quando teu coração começou a bater,
Que mão, que espantosos pés
Puderam arrancar-te da profunda caverna,
Para trazer-te aqui ?
Que martelo te forjou ? Que cadeia ?
Que bigorna te bateu ? Que poderosa mordaça
Pôde conter teus pavorosos terrores ?

Quando os astros lançaram os seus dardos,
E regaram de lágrimas os céus,
Sorriu Ele ao ver sua criação ?
Quem deu vida ao cordeiro também te criou ?

Tigre, tigre, que flamejas
Nas florestas da noite.
Que mão, que olho imortal
Se atreveu a plasmar tua terrível simetria ?

(Título Original: "The Tiger")
William Blake
Tradução de Ângelo Monteiro

Sou mulher



Mô Schnepfleitner




Sou mulher, normal
Temperamental
Nem Fiona, nem sereia
As vezes, mulher e meia!
outras, menina carente
Mãe leoa,mulher loba
as vezes boba;
tenho a alma transparente

Muitas vezes sou dura
visto armadura de ferro
grito, berro
pra esconder minha fragilidade

Sou mulher teimosa,
às vezes caprichosa
dona das minhas verdades
desprovida de vaidades


Sou mulher,amante,amiga
por amor compro uma briga
Esfacelo-me, desfaço-me
em mil pedaços
E me recomponho em laços

Sou mulher à moda antiga
que espera um convite pra sair
que chora nos filmes de amor
ou quando recebe uma flor

Sou apenas uma mulher
intensa, extensa
as vezes leve, as vezes densa
sem perder a essência
de ser
simplesmente
mulher...

Menina do Rio®

ANGELA MENDES - Tema - Contos e Fada (GATA BORRALHEIRA)



Angela Mendes

Gata Borralheira



De gata borralheira
à princesa, ela sonhava!
Buscava seu príncipe
e por ele suspirava!
Como por encanto
um dia ele apareceu!
Sem carruagem
nem sapatinho de cristal,
sem castelo ou tesouros,
num mundo bem real
foram ser felizes...
O "Era uma vez..."
assim se fez!!!

(Ângela Mendes, 30/07/2012)

domingo, 29 de julho de 2012

SIMONE RIBEIRO - Tema = Contos de Fada (CASAR)






Simone Ribeiro
CASAR



Chegou o grande dia....
Era seu momento!
Viveria um dia de contos de fadas....
Entre namoro, noivado e este grande dia?
Seis meses haviam passados....
Foi tudo de repente...
Se conheceram...
E num piscar de olhos...
Apaixonaram-se perdidamente....
Ela, vestida de noiva...
Pronta a entrar....
Coração batendo forte...
Emoção aflorada...
Chorando por tanto amor....
Entram padrinhos...
Noivo já havia entrado...
Ao som de violinos....
A sua música será especial...
Que foi oferecida por ele...
Ao se conhecerem....
Mas algo acontece...
Eis que um burburinho...
Madrinhas saem da igreja...
À sua procura....
Mas o que terá acontecido?
Por que disso hoje e agora?
Ela se questiona....
Mas a história terá um final....
Uma história diferente...
Ela havia criado seu contos de fadas,
mas havia virado um conto de terror....
Seu noivo havia deixado o altar...
Ele teve filhos com outra mulher....
E a deixou para ficar junto a eles....
Para ela nada disse....
Não teve a hombridade de fazê-lo....
A deixou ali, na porta da igreja...
Transformando seu castelo
num monte de entulho....
Hoje, consegue relatar sua história,
Mas sempre tendo a certeza....
Jamais desejará que alguém...
Nem mesmo desafetos....
Passe pelo que passou........


KEYLA - Tema = Contos de Fada (SONHOS DE PRINCESA)





Keyla Cantinho Goiano
Sonhos de princesa




Sonhos e contos
magia da infância
cores e potinhos de ouros 
a procura de tesouros...

Menina a sonhar 
um belo príncipe encontrar
suspiros e esperas
por um beijo a levitar...

Lindo sonho concretizou
bela princesa se tornou
felicidade e delicadeza 
ao mundo real, da realeza...


Keyla Alves Fernandes

SIMONE RIBEIRO - Foto = INTERIORIZAÇÃO "MEU EU"



Simone Ribeiro
 INTERIORIZAÇÃO
 MEU EU



Procurando me achar

Me perdi!



Fui me autoanalisar,
saber quem sou 
e como vivo....



Perdi contato com o mundo,
vivi num espaço fechada...



Me achei, mas perdi....



Perdi amigos que nunca o foram.... 
Descobri quem me ama....
Quem?
Eu, claro...



Passei a viver mais minha vida...
Conviver com amigos.
Aprendi a diferença da palavra para o ato....



Hoje quero amar mais,
dividir meu tempo com pessoas...



Minha autoanalise me fez bem, 
pois o tempo nos é raro 
e precisamos saber fazer uso dele....



Pare, reflita e decida....
Conselho lhe dou....
Fique a vontade para seguí-lo...



Medite, pare e respire fundo....



A VIDA É LINDA E O TEMPO É CURTO!



ANIBAL - Tema = CONTO DE FADAS




Aníbal Bastos
CONTOS DE FADAS




Se eu pudesse ter na mão,
Uma vara de condão,
Como nos contos de fadas!
Procurava em encontrar formas,
Para destruir as normas,
Pelas bruxas más, criadas!

Procurava que a razão,
Não caísse na emoção
Que o fascínio produz!
Acenderia mil velas,
Para alumiar aquelas
Mentes que não têm luz!

Tentaria pôr a verdade,
Onde reina e falsidade,
Denunciando a mentira!
Procurando dar a mão,
Tentar levantar do chão,
Quem na desgraça caíra!

Poria termo à guerra
Que vai assolando a terra,
De morte, dor e destruição!
Faria reinar a paz,
Usando a força do audaz,
Para criar amor e pão!

Para acabar com a corrupção,
Arranjava uma solução,
Com engenho e com arte!
Aos corruptos e ladrões,
Mandava-os em foguetões,
Para a Lua, ou para Marte!

Tentaria fazer as gentes,
Viver alegres, contentes,
Caminhando de mãos dadas!
Mas para meu desengano,
Ver o mundo mais humano,
Só mesmo em contos de fadas!

A. Bastos (Júnior)

LUCINHA SANTOS - Tema = Contos de Fada (CONTOS DE FADA)



Lucinha Santos
Contos de Fada



A menina cresceu e nunca entendeu

por que esperar pelo príncipe
se pode ir atrás ?
Comer uma maça envenenada
e dormir e la vem o beijo do príncipe
e se ele não chegar ?
vai ficar dormindo pro resto da vida
dentro de uma redoma de vidro
que agonia deve ser, em respirar.
E a chapeuzinho, fugindo do lobo mau
e essa que tristeza, nem príncipe tinha
E eu ficava ali ouvindo e lamentando
Por que não é diferente
todas tem final feliz é claro
mas são muito bobas e isso é fato.
Princesa que se preste tem que ir a luta
bater de frente com as feras
e ser uma mulher moderna
Talvez o problema fosse eu
em ser diferente
Sonhava com um príncipe num cavalo branco
a me socorrer do mau
Mas sem precisar ficar chorando até o final
Queria ser uma princesa sem vestidos
aquela princesa de pés descalços
correndo dos bandidos
A que brincava de bola com os príncipes de igual pra igual
e sem lamentar e nem procurar sapos
pra me beijar
Sempre tive muita imaginação e concordo que não tenho os pés no chão
sou romântica ao extremo e vivo borboletando
mas queria que as princesas fossem assim
mais reais igual a mim.


Lucinha ♥

SALETE - Tema = Contos de Fada (FINAL FELIZ)




Maria Salete Ariozi
Final Feliz  



Num Castelo (des) encantado
Debruçada na sacada da ternura
Ouço os cantos que faz
A passarada animando-me 
Nesta tortura...

São cantos animados e cheios
De alegria, embora no coração
Ainda pereça pesadamente, 
Muita tristeza.

Sonhos que um reino encantado
Não conseguiu em mim suprir, 
Não guardo por nenhum canto,
Encantos que me deixem existir.

Encontro-me numa Torre alta, 
Distante de tudo, fria realidade...
E não tenho dela como escapar... 
Ao menos tivesse aqui comigo
Uma corda... 
Serviria para me enforcar... 
Acabar com tamanha tristeza... 
? ? ? .... ? ? ?
Hello !! this, Never....!!
Alôôuu ! isso, Nunca..!!

Seria sim ! para daqui fugir, 
Sair alegremente 
Em festa pela floresta...
Sempre me deixando
Existir !!



((Salete))- Julho-2012

SIMONE RIBEIRO - Tema = Contos de Fada (REENCONTRO)



Simone Ribeiro
REENCONTRO



Mas como estariam as princesas?
Branca de Neve se perguntava...
todos os dias sobre isso....

Será que tinham a mesma sina que ela?
Lavar, passar e cozinhar para seu príncipe?
E claro...Todos os anões...

Ela resolveu fazer um chá da tarde com todas...
Logo veria que não era única... 
Não foi só sua história que havia tido um final triste....

Chegaram todas acabadas,
com vestidos reformados,
peles ressecadas...
E os cabelos?
Precisando de um bom tratamento...

Todas foram se questionando... 
O que poderia ter acontecido?
Como chegaram nesse extremo...????

Todas casadas com príncipes encantados...
Homens lindos e desejados...
Ricos e donos de belos cavalos....

Mas ai acabava seu encantamento.
Não sabiam lidar com as finanças!
Não foram criados para reinar....
Homens belos, mas....
Desconheciam tudo sobre administrar um reino....
Cuidar das finanças 
Garantir o progresso de seu reino
Melhorias para o seu povo...

E chegaram a uma conclusão:
quem se saiu bem na história?

Chapeuzinho Vermelho...

Por quê? Simples....
Ficou sozinha, 
morando com sua mãe e a avó...

Montaram uma padaria e viveram,
de sua renda e trabalho....

E elas sim viveram felizes para sempre!


ANGELA MENDES - Tema - Conto de Fadas (CONTO DE FADAS MODERNO)


Angela Mendes
Conto de Fadas Moderno



Aquela menina sonhadora
que espera o príncipe a cavalo,
será que ainda existe?

Não! Hoje a coisa é bem diferente
menina nenhuma quer
ser acordada de repente
por um cavaleiro qualquer.

Espera que venha num carrão
e a leve passear para Paris
que a acorde com passagem na mão!
Isso sim, a fará feliz.


(Ângela Mendes, 29/07/2012)

MÁRCIA REGINA - Tema = Contos de Fada (MAGIA)




Márcia Regina Lopes
Magia



Nossa vida é como um conto de fadas
Não tenho dúvidas e nem surpresas
Existem os que cuidam de nós
Que nunca nos deixam a sós
Os príncipes e suas princesas
Os caçadores, madrastas e traidores
A família, as amizades e os amores
Várias histórias entrelaçadas
Que se combinam ou não
Mas aí está a magia e sedução
Se o final será feliz não sei
Então vivamos cada um seu conto
Encantado com seus confrontos
Sem finais decididos ou prontos
Inventemos então cada dia 
Um conto novo de alegria
Um conto de fadas e magia


PAULA TEIXEIRA - Foto = TERCEIRO OLHO



Paula Teixeira
TERCEIRO OLHO.



Terceiro olho, misterioso.
Mistico e enigmático 
estudado até pelos mais pragmáticos.

Mereces um poema ,
uma declaraçao de amor,
somente em tocar-te ,
sou terra, mar ,
fogo e ar ...

Glandula mágica, 
espiritual e inmortal
parte fisica da alma .
segregaçao de amor
e paz interior.


MÔ - Tema = Conto de Fadas (MAGIA)



Mô Schnepfleitner
Magia



Gnomos e fadas
saltitam no jardim
Como se fossem 
insetos no jardim.

Criança contente
pulando alegremente
brinca de mãos dadas
com uma fadinha alada.

Só o olho infantil
com sua alma pueril
consegue ver e criar
o que o adulto nem sonha imaginar...

E é por isso que todos nós
mesmo se estivermos sós 
Nunca devemos esquecer
que o importante é VIVER !!

Mô Schnepfleitner

ERENI - Fotos = MEDITAÇÃO




Ereni Wink 
MEDITAÇÃO





Vejo a vida em desalinho
Brisa soprando suave
Como um toque de carinho
Tempestades... Acoitando os coqueirais
Vendaval ou... Harmonia?
Deixo-me ficar em silêncio...
Na paz da agonia
Cansei de buscar equilíbrio...
Estou lúcida ou louca?
Deixo-me levar por tão pouco
Apenas... Por um pouco de carinho
Quero uma gota de paz
Ou um mar intenso ...turbulento
Estou confusa....me desconheço
Com a cabeça entre as mãos
Sento a sombra da camélia
Fecho os olhos e medito
Se entrar no mar me afogo
Se ficar na brisa....levito.


Ereni Wink
Florianópolis 29/07/2012

ERENI - Tema - Contos de Fada (COMO NUM CONTO DE FADAS)




Ereni Wink
COMO NUM CONTO DE FADAS



Jamais vi tanta beleza
Presente na natureza
Flores multicolores a
A colorir dissabores

Os passarinhos cantantes
Pequenos seres cativantes
Com asas esvoaçantes
Voando além do horizonte

Com suas plumas coloridas
Pavões de rara beleza
Enfeitando o seu dia 
Minha bela e amada princesa

Como num conto de fadas
Beleza em forma de arte
Quando apruma sua cauda
Que mais parece um estandarte.


FLORIANÓPOLIS 29/07/2012
Ereni Wink

MÁRCIA REGINA - Foto = SABEDORIA




Márcia Regina Lopes
Sabedoria




Como conciliar emoção e razão?
Como caminhar ouvindo duas vozes
Falando para seguir outra direção?
Penso que uma me protege
E a outra quer que eu viva
Não poderia eu viver protegida?



ERENI - Tema = Contos de Fada (CASTELOS)




Ereni Wink
CASTELOS




Tropecei...
Em muitas pedras no caminho
Uma a uma eu juntei
E um castelo eu construí
...
Numa torre
Guardei o meu sofrimento
Que chorava ao sabor do vento
E não olhei para trás
...
No calabouço
Tranquei o meu desespero
E com olhar altaneiro
Joguei a chave num rio
...
No jardim
Deixei livre os meus sonhos
Vi florescer as begônias
E beija-flor a voar
...
E foi assim
Transmutei as minhas dores
Disse adeus ao desamor
E como num conto de fadas
Voltei novamente a sorrir.


Florianópolis 28/07/2012
Ereni Wink

Você faz parte daqui