PROSAS EM VERSOS

SER POETA, É SENTIR AFLORAR DA PELE SENSIBILIDADE, É OUVIR O GRITO DOS QUE NADA DISSERAM, É VER POR UMA GAMA DE CORES INVISÍVEIS À MACROSCÓPICA VISÃO DOS INSENSÍVEIS, É PENETRAR IMPIEDOSAMENTE À ALMA HUMANA.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Quase Incurável




Vania Vania Oliveira



Quando somos abandonados pelo mundo, a solidão é superável; quando somos abandonados por nós mesmos, a solidão é quase incurável.
Augusto Cury


Se eu devo morrer




Jose Carlos Ribeiro



Se eu devo morrer
Eu quero morrer junto a você

Se eu devo morrer
Eu quero morrer nos seus braços

Se eu devo morrer
Eu quero que você pense em mim

Se eu devo morrer
Eu quero que você não chore
Porque eu estarei sempre pertinho de você

Se eu devo morrer
Eu não quero que você me siga
Se não eu a faço reviver...


Apaixone-se por um Grande Homem



Lúcinha Santos

Arnaldo Jabor falando muita verdade, de novo....




"Apaixone-se por um Grande Homem (..)

Por que querer um homem que não saiba admirar a beleza que há em você, a verdadeira beleza, a do coração?

Custou-me muito compreender que grande homem não é aquele que chega no topo, nem o que tem mais dinheiro, casa, automóvel, nem quem vive rodeado de mulheres, nem muito menos o mais bonito.

Um grande homem é aquele ser humano transparente, que não se refugia atrás de cortinas de fumaça, é o que abre seu coração sem rejeitar a realidade, é quem admira uma mulher por seus alicerces morais e grandeza interior.

Esse grande homem é simplesmente aquele que nunca a fez chorar, é quem no lugar de lágrimas lhe robou sorrisos, sorrisos por tudo que viveram e conquistaram juntos, pelos triunfos alcançados, por suas lindas recordações e por aquelas tristes lembranças que souberam superar, por cada alegria que repartem.

Esse grande homem a quer pelo que ela é, por seu coração e pelo que são quando estão juntos."


Que sociedade






Jair Lisboa



Que sociedade é essa! que as pessoas se prendem a sua altivez, se enganando a cada momento, com o seu desamor, só iludem a si próprio, e seguem na euforia de sua causa, se engrandecendo com as suas peripécias, criando para vós um mundo ilusório. voando em ares oculto de seu próprio ser, deixando em Cáceres a humildade, desenvolvendo seres egoístas, que seguem se engrandecendo nas vitórias, alimentando esse orgulho aliado a essa falsa força, que só aumentam os problemas sociais e toda dimensão de seu interior, sem enxergar a pura verdade,vivendo a ilusão de uma perfídia liberdade...


JAIR LISBOA

Amor (In)correspondido



Joaquim Rodrigues





Ainda ontem te vi.
Mas se ao ver-te,
Para mim, eu te queria,
Meu coração não conseguia
Nem lembrar, nem reconhecer-te.

Ainda hoje te revi.
Mas já nada é igual:
Pois quando se mente
Nunca mais o mesmo se sente!
E não é que esteja muito mal
Porque no amor já estou habituado:
Lutar, para no fim não ser amado...

Amanhã te verei.
Mas uma coisa eu sei,
Por ti não mais sofrerei!

Manuel Rosa
QUARTA-FEIRA, SETEMBRO 14, 2011


Manina Feia




Joaquim Rodrigues




Menina feia saiu para a rua…
Andou a ver montras na grande cidade…
Ninguém reparava na tristeza sua…
No ar de abandono, de infelicidade…

Sentou-se pensando nos porquês da vida…
Ao ver a injustiça que vai pelo mundo…
Chorou, chorou muito, cabeça perdida…
Entregue ao desgosto de um pesar profundo…

Tanta mulher linda, tanta mulher feia…
Tanta gente rica tanta pobre gente…
Que passa a correr, de tudo indiferente…
Tanta gente má, que mata e odeia…
Sem ter piedade no seu coração…
E tudo porquê? Qual a razão?...

Joaquim Rodrigues

Nós os dois




Jose Carlos Ribeiro



Eu queria o tempo poder marcar
Tirar de ti esse sofrimento
Queria dar-te um novo acordar

E ter-te a todo o momento....
Queria tirar-te a tristeza do olhar
Dar um novo alento
Se deixasses eu te amar
Irias esquecer o sofrimento...

Sei talvez nunca te puderei ter
Apesar disso vou continuar a te amar
Vou continuar a viver
Na esperança de te encontrar....

Nos recantos do meu pensamento
Vives noite e dia
Apesar de algum sofrimento
Deste-me a maior alegria...

Contigo reaprendi a viver
Agora só quero puder te ajudar
Quero em teu corpo adormecer
Para tua manhã iluminar....

Tão longe está o teu olhar
Traduz a tua indiferença
Apesar de muito te desejar
Eu dava tudo para poder ter a tua presença....

Minha vida ganhou um novo renascer
Minha alma gemea encontrei
Embora não te possa ter
És a pessoa que sempre desejei...

Nós dois um só formamos
Pena não teres percebido
Acho que ambos nos amamos
Embora te faça de despercebido...


Um grande sentimento dentro de nós nasceu
Naquela tarde linda de amor
Foi o melhor que aconteceu
Quando pude sentir o teu sabor...

Azul da Cor do Mar




Claudio Caldas Faria





Ah!
Se o mundo inteiro
Me pudesse ouvir
Tenho muito prá contar
Dizer que aprendi...

E na vida a gente
Tem que entender
Que um nasce prá sofrer
Enquanto o outro ri..

Mas quem sofre
Sempre tem que procurar
Pelo menos vir achar
Razão para viver...

Ver na vida algum motivo
Prá sonhar
Ter um sonho todo azul
Azul da cor do mar...

Mas quem sofre
Sempre tem que procurar
Pelo menos vir achar
Razão para viver...

Ver na vida algum motivo
Prá sonhar
Ter um sonho todo azul
Azul da cor do mar...

Tim Maia

Essa Tal Felicidade




Claudio Caldas Faria




Já rodei todo esse mundo procurando encontrar
Um amor, um bem profundo que eu pudesse realizar
Os meus sonhos de criança, como todo mundo faz
De formar uma família como era dos meus pais
Mas o tempo foi passando e a coisa mudou
Solidão foi se chegando e se acostumou
Essa tal felicidade, hei de encontrar
Mesmo se eu tiver que aguardar, se eu tiver que esperar
De uma coisa eu não desisto, sou fiel não abro mão
De ter filhos, ter amigos, companheira e irmãos
Se essa vida é bonita, ela é feita pra sonhar
Mais aumento o meu desejo de afinal te encontrar
Mas o que eu não me acostumo é com a solidão
Um pedaço do seu beijo ou seu coração
Isso já me fortalece me faz delirar

Tim Maia

Beijos Proibidos




Aníbal Bastos




Há certos beijos proibidos,
Por não serem permitidos,
Pelos lábios serem dados!
Ao sentirem-se carentes,
Tornam-se beijos ardentes,
Por nossos olhares trocados!

Sem pediram permissão,
À vontade, ou à razão,
Não se escondem a ternura!
E durante alguns instantes,
Como se fossem amantes,
Trocam beijos com doçura!

Nestes beijos diferentes,
Não estão bocas presentes,
Nem palavras sussurradas!
Está um suave e mansinho,
Calor de amor e carinho,
De almas enamoradas!

Calamos as nossas bocas;
Fizemos orelhas moucas,
Fugindo dos nossos beijos!
Por isso o nosso olhar,
Quando se pode encontrar,
Entre si matam desejos!

Quantas histórias há na vida
Que permanece esquecida,
O que os corações sentem!
Com palavras de fingir,
Podem as bocas mentir,
Os olhos, esses não mentem!

A. Bastos (Júnior)

Força Estranha




Claudio Caldas Faria




Eu vi um menino correndo
eu vi o tempo brincando ao redor
do caminho daquele menino,
eu pus os meus pés no riacho.
E acho que nunca os tirei.
O sol ainda brilha na estrada que eu nunca passei.
Eu vi a mulher preparando outra pessoa
O tempo parou pra eu olhar para aquela barriga.
A vida é amiga da arte
É a parte que o sol me ensinou.
O sol que atravessa essa estrada que nunca passou.
Por isso uma força me leva a cantar,
por isso essa força estranha no ar.
Por isso é que eu canto, não posso parar.
Por isso essa voz tamanha.

Eu vi muitos cabelos brancos na fonte do artista
o tempo não pára no entanto ele nunca envelhece.
Aquele que conhece o jogo, o jogo das coisas que são.
É o sol, é o tempo, é a estrada, é o pé e é o chão.
Eu vi muitos homens brigando. Ouvi seus gritos
Estive no fundo de cada vontade encoberta,
e a coisa mais certa de todas as coisas.
Não vale um caminho sob o sol.
E o sol sobre a estrada, é o sol sobre a estrada, é o sol.
Por isso uma força me leva a cantar,
por isso essa força estranha no ar.
Por isso é que eu canto, não posso parar.
Por isso essa voz tamanha.

Caetano Veloso

Às vezes




Angela Mendes




Às vezes, na estranha tentativa de nos defendermos da suposta visita da dor, soltamos os cães. Apagamos as luzes. Fechamos as cortinas. Trancamos as portas com chaves, cadeados e medos.[...]Impossível saber o que a vida pode nos trazer a qualquer instante, não há como adivinhar se fugirmos do contato com ela, se não abrirmos a porta. Não há como adivinhar e, se é isso que nos assusta tanto, é isso também que nos dá esperança.
Ana Jácomo

Lá Vai Ela




Lúcinha Santos





E lá vai ela
colocou seus sonhos na mochila
e seguiu
dentro dela colocou sua força
pra seguir em frente
sua teimosia pra não recuar quando alguém 
dizer não
E a razão pra impor limites no coração
Lá vai ela com um sorriso de menina
e uma vontade de mulher
com olhos de criança
e impetos de gueirreira
Lá vai ela atrás dos sonhos
que tem desde menina
uma casa com jardim
e beija-flores no jasmin
Paredes azuis e janelas brancas
e um cachorro muito chato
a pular e comer sapatos
Lá vai ela 
procurando o homem dos seus sonhos
pra segurar a sua mão
e seguir com ela aonde for
juntar na mochila dois sonhos
e viver um grande amor
...........lúcinha.

Amanhã, já me reinventei.





Sonia Isotton




Não sou diversão nem passatempo pra homem nenhum.
Tenho cabeça, coração e me respeito.
Sou pessoa de dentro pra fora.
Minha beleza está na minha essência e no meu caráter.
Acredito em sonhos, não em utopia.
Mas quando sonho, sonho alto.
Estou aqui é pra viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente.
Sou isso hoje...
Amanhã, já me reinventei.
Reinvento-me sempre que a vida pede um pouco mais de mim.
Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina...
E vice-versa.
Me perco, me procuro e me acho.
E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar...
Não me dôo pela metade,
não sou tua meio amiga nem teu quase amor.
Ou sou tudo ou sou nada.
Não suporto meio termos.
Sou boba, mas não sou burra.
Ingênua, mas não santa.
Sou pessoa de riso fácil e choro também!

Tati Bernardi

A amizade




Angela Mendes




A amizade é o sentimento que imanta as almas unas às outras, gerando alegria e bem-estar.
A amizade é suave expressão do ser humano que necessita intercambiar as forças da emoção sob os estímulos do entendimento fraternal.
Inspiradora de coragem e de abnegação. a amizade enfloresce as almas, abençoando-as com resistências para as lutas.
Há, no mundo moderno, muita falta de amizade!
O egoísmo afasta as pessoas e as isola.
A amizade as aproxima e irmana.
O medo agride as almas e infelicita.
A amizade apazigua e alegra os indivíduos.
A desconfiança desarmoniza as vidas e a amizade equilibra as mentes, dulcificando os corações.
Na área dos amores de profundidade, a presença da amizade é fundamental.
Ela nasce de uma expressão de simpatia, e firma-se com as raízes do afeto seguro, fincadas nas terras da alma.
Quando outras emoções se estiolam no vaivém dos choques, a amizade perdura, companheira devotada dos homens que se estimam.
Se a amizade fugisse da Terra, a vida espiritual dos seres se esfacelaria.
Ela é meiga e paciente, vigilante e ativa.
Discreta, apaga-se, para que brilhe aquele a quem se afeiçoa.
Sustenta na fraqueza e liberta nos momentos de dor.
A amizade é fácil de ser vitalizada.
Cultivá-la, constitui um dever de todo aquele que pensa e aspira, porquanto, ninguém logra êxito, se avança com aridez na alam ou indiferente ao elevo da sua fluidez.
Quando os impulsos sexuais do amor, nos nubentes, passam, a amizade fica.
Quando a desilusão apaga o fogo dos desejos nos grandes romances, se existe amizade, não se rompem os liames da união.
A amizade de Jesus pelos discípulos e pelas multidões dá-nos, até hoje, a dimensão do que é o amor na sua essência mais pura, demonstrando que ela é o passo inicial para essa conquista superior que é meta de todas as vidas e mandamento maior da Lei Divina.

Joanna de Ângelis

Sem Limites Pra Sonhar



Lúcinha Santos






Há uma chance
Da gente se encontrar
Oh! Há!
Há uma ponte prá nós dois
Em algum lugar
Ah! Ah!
Quando homem e mulher
Se tocam num olhar
Não há força que os separe...

Há uma porta que
Um de nós vai ter que abrir
Oh! Há!
Há um beijo que ninguém
Vai impedir
Não vai!
Quando homem e mulher
Se deixam levar
E fácil viver mais...

Há uma estação
Onde o trem tem que parar
Tô na contramão
Te esperando prá voltar
Prá poder seguir
Sem limites prá sonhar
Pois é só assim
Que se pode inventar o amor...

Fábio Jr.

Razão de Ser



Fatima Pessoa



Eu quero ser sempre aquilo com quem simpatizo,
Eu torno-me sempre, mais tarde ou mais cedo,
Aquilo com quem simpatizo, seja uma pedra ou uma ânsia,
Seja uma flor ou uma idéia abstrata,
Seja uma multidão ou um modo de compreender Deus.
E eu simpatizo com tudo, vivo de tudo em tudo.
São-me simpáticos os homens superiores porque são superiores,
E são-me simpáticos os homens inferiores porque são superiores também,
Porque ser inferior é diferente de ser superior,
E por isso é uma superioridade a certos momentos de visão.
Simpatizo com alguns homens pelas suas qualidades de caráter,
E simpatizo com outros pela sua falta dessas qualidades,
E com outros ainda simpatizo por simpatizar com eles,
E há momentos absolutamente orgânicos em que esses são todos os homens.
Sim, como sou rei
como sou rei absoluto na minha simpatia,
Basta que ela exista para que tenha razão de ser.

Fernando Pessoa

Sou estrela solitária





Sonia Isotton




Sou estrela solitária
Entre tantas estrelas
Sou o brilho de uma delas,
Que não ofusca, nem se apaga...
Sou raio de sol esquecido,
Outrora fogo,
Hoje um brilho esmaecido.
Sou efêmera,
Sou sensível,
Sou fraca,
Sou falível,
Sou eterna nas minhas dores...
Sou um tanto de romantismo,
A poesia que restou,
Sou um tanto de melodia
Que doeu no peito
E a rima que não se achou.
Mas!...Assim sou eu!
Sou a onda que se quebra,
Mas volta com insistência,
Num recomeçar incessante!
Sou a espuma branca na areia
Que se desmancha num instante,
Num eterno beijo ofegante,
Sou um coração por inteiro,
Que não se cansa,
Que crê no amor verdadeiro!
Sou aquela que luta,
Que ama e que quer!
Sou quem nunca desiste,
Sou simplesmente
Uma mulher!...

(Letícia Thompson)

Nada me prende


Fatima Pessoa




‎"Nada me prende, a nada me ligo, a nada pertenço.
Todas as sensações me tomam e nenhuma fica.
Sou mais variado que uma multidão de acaso,
Sou mais diverso que o universo espontâneo,
Todas as épocas me pertencem um momento,
Todas as almas um momento tiveram seu lugar em mim.
Fluído de intuições, rio de supor - mas,
Sempre ondas sucessivas,
Sempre o mar - agora desconhecendo-se
Sempre separando-se de mim, indefinidamente."

Fernando Pessoa

Queria Dizer-te





Sonia Isotton




Queria dizer-te que te espero
e sempre te vou esperar
Demore o tempo que demorar
Sei que um dia vais chegar

Queria dizer-te que compreendo
e sempre vou entender
que a vida nem sempre é
como a gente a quer pintar

E contratempos acontecem
e sempre vão acontecer
Desde que as almas não adormeçam
elas sempre se vão querer

Queria dizer-te que estarei lá
onde a lua encontra o sol
e o céu encontra o mar
onde os navios se escondem
e se deixam navegar

Queria dizer-te tantas coisas
que tenho presas na garganta
mas cada vez que tento
cola-se-me a alma ao coração
e apenas me grita Não!

Queria dizer-te que espero
apesar de tudo
e malgrado o desespero
e a saudade que recrusdece
a alma não te esquece
e o corpo adormece
na vontade de te sonhar

Queria dizer-te tantas coisas
que eu penso e sinto
mas por força do destino
não saio do labirinto
em que eu própria me enclausurei

Queria dizer-te que te amo
e que vou te esperar
demore o tempo que demorar
Queria dizer-te tudo isso
e mais todas as palavras caladas
Aquelas que nunca te direi...

...e que rolam indecisas e confusas
por dentro de mim
esperando uma chance para florirem
e chegarem aos meus lábios carmim

São Reis
24Jan2012

Em Busca da Felicidade





Jair Lisboa




Para quê retardar um sorriso, prender o seu ser em Cáceres indolente, ocultando o amor, com medo de imergir em um sofrimento imenso, criado por uma expectativa de negação, sem forças para quebrar as correntes da solidão, erguendo obstáculos em cada passo caminhado, para não encontrar o seu ser venturoso, se apegando aos deslizes já vividos, e viajar na incerteza de sua existência, por não acreditar na existência da felicidade. A vida nos oferece muitas possibilidades e oportunidades, a caminhada é árdua, com muitos espinhos e pedras, esse é o caminho para o amor e a eterna felicidade, porém há muitos fracos, se deixam levar por um atalho mais fácil, seguindo o caminho da amargura, guiado pela miragem de seu orgulho, até encontrar o seu próprio abismo.
A felicidade é como um sonho realizado, e um objetivo alcançado, por isso nunca deixe de sonhar, ame sem medo, pois só o amor pode lhe realizar e lhe estruturar com o alicerce do conhecimento, para que possa ir ao fundo desse sentimento, sem medo de encarar a magoa, ou se afundar em um oceano triste, ilhado pela melancolia de um momento inadequado. Não existe felicidade sem o amor, procure sempre está aliado a esse sentimento, mesmo não sendo correspondido, ame a vida, ame a si, e erga o seu ser no maior mastro, seja sempre ativista do amor, leve esse afeto com toda sensibilidade, sem limitar o seu caminho, em busca da sua felicidade.

TEXTO DO MEU LIVRO
 SUPERAÇÃO, AMOR E REVOLUÇÃO

Gosto de...




Angela Mendes




Gosto de pensar assim: se a gente faz o que manda o coração, lá na frente, tudo se explica. Por isso, faço a minha sorte. Sou fiel ao que sinto. Aceito feliz quem eu sou. Não acho graça em quem não acha graça. Acho chato quem não se contradiz. Às vezes desejo mal. Sou humana. Sou quase normal. Não ligo se gostarem de mim em partes. Mas desejo que eu me aceite por inteiro. Não sou perfeita, não sou... previsível. Sou uma louca. Admiro grandes qualidades. Mas gosto mesmo dos pequenos defeitos. São eles que nos fazem grande. Que nos fazem fortes. Que nos fazem acordar. Acho bonito quem tem orgulho de ser gente. Porque não é nada fácil, eu sei. Por isso continuo princesa. Continuo guerreira. Continuo na lua. Continuo na rua. No meio do caos que anda o mundo, ACEITAR É SER FELIZ."

(Fernanda Mello, livro Princesa de Rua ♥)

Je Souffrirai Toujours



Jose Carlos Ribeiro




Je t'ai aimé
Comme tu ne peux l'imaginer.
J'ai pleuré
Pourquoi n'es-tu pas venu me consoler ?
J'ai prié
Pourquoi mon voeu n'est-il pas exaucé ?
Je t'aimais
J'avais promis que jamais je ne t'oublierais.
Je t'aime encore
Chaque jour plus fort.
Je t'aimerai toujours
Jusqu'à mon dernier jour.
Je souffrirai toujours...
Oui pour toi mon amour,
Je souffrirai toujours

Amor Criança





Jair Lisboa




O amor é como uma criança, a cada passo esta a aprender e se desenvolver em seus momentos de alegria, e nos de tristeza; por mais que ele se desenvolva nunca deixará de ser criança, , pois quem ama a sinceridade nela está, sabe encarar as barreiras, porque personalidade jamais lhe faltará, e sem temer vai continuar com esse ser crescente esperando a maturidade chegar; E quando esse dia chegar não vai esquecer seu sonho de criança, para ir ao fundo para realizar, quebrando todas correntes para libertar suas asas, e voar bem alto além de cume de seus sonhos, para ser feliz...

JAIR LISBOA

Sonda-me



Patricia Neme





Senhor, Tu sondas os caminhos dos meus passos,
meus pensamentos, meu dormir, meu levantar;
antes que eu fosse, já sabias dos meus traços,
pois me teceste com as mãos do Teu sonhar.

Estás comigo na amargura dos fracassos,
em dias negros e nas noites sem luar;
quando a ventura me aconchega nos Seus braços
e a paz habita entre as paredes do meu lar.

Tu me conheces, tu me sondas, desde o nada,
Teus olhos velam pelo chão da minha estrada,
Tu me conheces, alma, corpo, coração.

Sonda-me, Deus, e se eu guardar qualquer vaidade,
guia meus passos às moradas da humildade,
pra que eu renasça no forjar da Tua unção.

- Patricia Neme –
(in O LIVRO DA INTIMIDADE)

Você faz parte daqui